Diário de Bordo

Dia 21 de outubro de 2012, acordei numa preguiça, já foi logo arrumando, por que tinha combinado de encontra o Fabiano 07:00 horas da manhã. Encontrei com o Fabiano, conversando com ele, nós decidimos ir no Extra (Supermercado) comprar um bolo de aniversario para a Camila. Logo depois fomos lá para onde ia ser o encontro do CLUBE DO FUSCA BH.Chegamos lá era umas 07h50 min, ficamos esperando lá por 1 hora, o incrível e que nós estávamos no lugar errado, ai a Camila ligou falando que já estava lá, ai nós saímos procurando na onde que era o encontro do CLUBE DO FUSCA BH, depois de certo tempo nós conseguimos encontrar o lugar. Logo depois chegou a Lilian e a Paula, logo depois nós já começamos a conversa sobre o que agente ia fazer, ai eu foi até o carro pegar o bolo de aniversario que eu e o Fabiano tínhamos comprado pra Camila, ai cantamos parabéns pra ela.Depois de comer o bolo da Camila quase todo, começamos a fazer as matérias, eu e o Fabiano entrevistamos os donos de fusca que tinha placa preta, todos muito gente boa, depois nós fomos tirar algumas fotos para o blog.Terminamos o que eu tinha em mente de fazer lá no domingo, despedimos de todos lá e foi embora. Gostei demais de ter ido no encontro do Clube do Fusca BH, achei muito interessante os carros, todos lá trataram nós muito bem.

Washington Souza.

—————————————————————————————————————————————————-

Domingo normalmente um dia para descansar,e acordar mais tarde. Mais no Domingo do dia 21 de outubro de 2012, foi diferente, acordei as 6 da manhã para começar o nosso trabalho de cobertura do Clube do Fusca Belo Horizonte.

Meu pai como um apaixonado do fusca quis ir ao evento com agente. Marquei com Washington para sairmos da minha casa as 07:00 da manhã e logo que ele chegou saímos.Primeiramente passamos no  supermercado pois um dia antes no sábado (dia 20), foi aniversário da Camila e como não podia passar em branco compramos um bolo para ela, chegamos bem cedo ao encontro ainda não tinha ninguém. Aos poucos foram chegando os mais diferentes Fuscas.

Com a chegada da Lilian, Camila e Paula cantamos o parabéns para a Camila, tomamos o nosso café da manhã que foi o bolo e começamos o nosso trabalho.

Começamos elaborando as pautas e depois já buscamos o primeiro entrevistado que foi uma pessoa que tinha recebido o Fusca do Pai, já era um protagonista de uma das nossas matérias.

Depois fui em busca de Fuscas com a placa preta que era outra matéria que foi pensada, e não precisei procurar muito e já encontrei 3 fuscas com a placa preta. Foi só escolher um e encontrar o seu dono para fazer a matéria, o primeiro foi o Fusca do Sr. Rubens Custodio que tem um fusca modelo 1300. O Sr. Rubens foi bem atencioso e falou com muito orgulho do seu fusca que tem mais de 93% de originalidade.

Logo após essa entrevista encontramos Jorge Ferraz com seu ônibus em miniatura um ônibus todo de metal e que foi ganho quando criança, o mesmo fez sucesso entre as crianças.  Foi com ele a entrevista para a matéria sobre a placa preta, ele também bem solicito, Jorge professor de Literatura e Historia tem um Fusca ano 74 e também falou do seu orgulho em ter conseguido passar nas exigências para ter a placa preta e disse que não é uma tarefa fácil.

Foi um evento bem proveitoso, tiramos muitas fotos, fizemos vídeos, conhecemos pessoalmente o Presidente do clube do Fusca o simpático Amauri e sua família todos muito simpáticos e atenciosos com todos nós.

Fabiano Bueno.

—————————————————————————————————————————————————-

Domingo ensolarado, 21 de outubro de 2012, me levantei cedo ao encontro dos demais integrantes do grupo do TIDIR em BH para fazermos nosso trabalho de campo.

Nove horas da manhã chego ao endereço combinado que já era o local do evento ao qual iriamos construir nossa matéria para o trabalho interdisciplinar.

Sr. Amaury, que é colecionador de fuscas e organizador do evento que acontece a todo terceiro domingo de cada mês, com seu astral contagiante, foi muito simpático e receptivo conosco, nos apresentou sua esposa Silvania também muito receptiva e agradável.

Nos reunimos para elaborar as perguntas, logo apos fomos a procura dos entrevistados que se encaixariam nos perfis sugeridos nas pautas. A principio eu estava com a intenção de participar do trabalho na parte da filmagem, ajudar na elaboração das perguntas, qualquer coisa que não fosse entrevistar, pois nunca havia participado de uma entrevista.Confesso que me senti intimidada com a presença da câmera e do microfone. Quando observei Camila entrevistando me senti motivada, mas na hora de por em prática foi bem diferente, fiquei tensa, me embolei com as perguntas, fiz pergunta que não estava no roteiro, mas no final acabou saindo. Meu entrevistado foi bem simpático me passou uma energia muito boa o que ajudou deixar a entrevista descontraída.

Neste trabalho de campo, deu para tirar uma base de como funciona uma entrevista, é preciso muita organização para que ocorra tudo bem, foi um aprendizado e na próxima, de acordo com que formos orientados pelos professores e com o que formos aprendendo no curso, vamos ter um melhor resultado.

Lilian Correa

—————————————————————————————————————————————————-

Após uma noite em que dormi poucas horas, graças ao meu aniversário no dia 20 de Outubro, acordei cedinho no domingo dia 21, e com horário de verão a preguiça e vontade de ficar na cama era tamanha, mas a ansiedade e a vontade de exercer um pouco a minha futura profissão me deram forças para vencer esses obstáculos, e levantar toda animada.

Arrumei a bagunça do meu quarto, e fiquei mais ou menos 1 h para escolher a roupa que vestiria,e por fim, coloquei uma calça jeans básica e uma camiseta marrom. Tomei um café leve, escovei os dentes e ouvia lá de fora a buzina do carro de meu pai, me informando que já eram mais de 8 h, e que o combinado era chegar ao local, ás 8:30 h.

Entramos no carro sem saber qual rota seguir, então pegamos a Av. Amazonas que no domingo é uma beleza, sem trânsito sem lentidão, e rapidinho chegamos ao local.

Ao chegar, a primeira coisa que fiz, foi me apresentar ao Sr. Amauri e a Sra. Silvana, marido e mulher donos do Clube do Fusca, que organizavam com todo carinho as atividades que seriam realizadas no encontro.

Fabiano e Washington já estavam no local, assim como os não localizei, dei um toque no celular de Fabiano, informando que já estava em frente ao Museu Abílio Barreto, e assim eles vieram ao encontro.

Após chegaram a Lilian e a Paula, e sentamos em um banco para separarmos o que cada um faria, e foi surpreendida com um bolo de aniversário, e era de chocolate. Repartimos e cantamos até parabéns.

As entrevistas, e os contatos com os frequentadores do encontro foram muito legais, até fomos perguntados de qual emissora fazíamos parte. Que Honra!

Enfim, foram ótimos, todo mundo trabalhando e o TIDIR dando certo.

Camila Bianca.

—————————————————————————————————————————————————-

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s